Dúvida lançada sobre o efeito preventivo da vitamina D

Muitas propriedades positivas são atribuídas à vitamina D. No entanto, em relação à prevenção de doenças, ela pode ser muito menos útil do que se pensava. Uma ampla meta-análise publicada no "The Lancet Diabetes & Endocrinology" não mostrou nenhum efeito preventivo de doenças.

 

Pesquisadores do Instituto Internacional de Pesquisas de Prevenção, em Lyon (França), analisaram 290 estudos observacionais e 172 estudos randomizados. Nos estudos observacionais, reduções de risco para várias doenças – até 58% para doenças cardiovasculares, 38% para diabetes, 34% para o câncer colorretal – foram associadas à vitamina D.

 

No entanto, essas correlações não foram confirmadas por estudos clínicos randomizados. A suplementação de vitamina D não demonstrou nenhuma influência sobre a ocorrência, gravidade ou o curso clínico de doenças.

"O que essa discrepância sugere é que reduções nos níveis de vitamina D são marcadores de deterioração da saúde. O envelhecimento e processos inflamatórios envolvidos na ocorrência e no curso clínico das doenças reduzem a concentração de vitamina D, o que explicaria o motivo pelo qual a deficiência de vitamina D é relatada em uma grande gama de distúrbios", disse o autor principal, Philippe Autier.

 

 

Referências: The Lancet Diabetes & Endocrinology (abstract)

 

 

 

Please reload

Featured Posts

Magnésio em creme - uma alternativa viável

May 8, 2017

1/3
Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags
Please reload

Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square